Como priorizar as conexões de um dispositivo no roteador/Wi-Fi (QoS)


Quality of Service QoS

Este é um problema comum aos usuários de redes domésticas congestionadas, onde encontramos nossos jogos ou streaming especialmente interrompidos porque a rede está ocupada, com muitos dispositivos conectados ao mesmo tempo.

Existe uma maneira de priorizar um dispositivo específico sobre todos os outros para tentar evitar que isso aconteça?

Felizmente, alguns roteadores têm um ambiente chamado Qualidade de Serviço ou QoS, projetado especificamente para esta finalidade: priorizar dispositivos e gerenciar congestionamentos em redes residenciais congestionadas, para garantir que dispositivos críticos não tenham seu tráfego e experiência de usuário tão perturbados ou afetados por outros dispositivos na rede.

Isto funciona para todos os tipos de dispositivos, inclusive:

  • PC/laptop
  • Consoles de jogo – PS4/PS5/Xbox One/Xbox X/Switch
  • Telefones
  • Tabletes
  • Dispositivos de streaming – Roku/Now TV/Apple TV Box, etc.

Estes são os passos mais rápidos para configurar a QoS:

  • Encontre o endereço MAC do seu dispositivo
  • Login em seu roteador (tipo 192.168.0.1 ou 192.168.1.1 em qualquer navegador)
  • Digite seu nome de usuário/senha do roteador
  • Encontre as configurações de QoS, se disponíveis
  • Selecione seu dispositivo usando seu endereço MAC
  • Estabelecer a prioridade mais alta ou máxima
  • A QoS não está disponível em todos os roteadores

Entretanto, deve-se observar que a QoS não está disponível em todos os roteadores. Normalmente está mais disponível em roteadores de marca (por exemplo, TP Link/Netgear/D Link/Sagemcom/Arris, etc.) do que em roteadores personalizados fornecidos por ISPs, mas há exceções.

Para aqueles que não estão familiarizados com a tecnologia, não se preocupem, vamos explicar passo a passo como fazê-lo. Basta encontrar o endereço MAC de seu dispositivo, ir até seu roteador e priorizar seu dispositivo nas configurações de QoS (se disponível).

Vamos analisar cada passo com mais detalhes.

Passo #1 – Encontre o endereço MAC do seu dispositivo

Este pode ser o passo mais difícil, já que cada dispositivo tem um sistema de menu ligeiramente diferente. Mas geralmente, com um pouco de pesquisa, você pode encontrar o endereço MAC de um dispositivo dentro dos menus de configuração/estado de conexão.

Para fazer isso, veja primeiro este guia definitivo para encontrar o endereço MAC de qualquer dispositivo para descobrir qual dispositivo pertence a quem.

Abaixo listamos algumas das mais comuns:

1. Windows 7 – Ir para Painel de Controle…. Central de Rede e Compartilhamento/Rede e Internet. Clique com o botão direito do mouse sobre a conexão (Wi-Fi ou Ethernet) que você está usando no momento e clique em Status/Detalhes. Uma lista de configurações, incluindo o endereço MAC, deve aparecer para que você possa tomar nota.

2. Windows 10 – Se você estiver em Wi-Fi, clique no símbolo Wi-Fi no canto inferior direito, depois clique em Propriedades, e uma lista de configurações deve aparecer, incluindo o endereço MAC físico. Se você estiver em Ethernet, vá para Configurações…..Rede e Internet…..Ethernet. Clique em sua conexão atual, depois clique em Propriedades/Estatus/Detalhes, e a mesma lista deve aparecer para que você possa anotar.

3. iPhone/iPad – Ir para Configurações/ajustes ….General….About/Info. O endereço MAC está listado abaixo como “endereço Wi-Fi“.

4. Android – Pode variar um pouco de dispositivo para dispositivo, mas em geral: puxe para baixo da parte superior da tela, toque no ícone do equipamento e depois toque no aplicativo Settings para abri-lo. Vá para Wireless & Networks (Rede) toque em Wi-Fi, depois toque no botão de menu e depois toque em Advanced/Status/Info. O endereço MAC é exibido na parte inferior.

5. macOS – Abra o menu Apple, vá para Preferências do Sistema. Selecione sua conexão (Wi-Fi/AirPort ou ethernet) e clique em Avançado. O endereço MAC é exibido na aba Hardware.

6. Console de jogo (PS4/PS5/Xbox One/Xbox X) – Ir para Configurações…..Rede…… Estado da conexão/Configurações de conexão. Veja também nosso artigo sobre configurações de QoS para PS4/PS5.

Veja o artigo ligado acima para encontrar o MAC de dispositivos mais especializados não listados aqui.

Uma vez encontrado o endereço MAC, anote-o, pois você precisará dele para definir a prioridade daquele dispositivo no roteador.

Passo #2 – Acesso ao roteador

Esta é a parte que intimida alguns usuários não técnicos, mas realmente não é tão difícil. Você pode acessar seu roteador a partir de qualquer dispositivo com um navegador web com algumas informações simples que estão sempre na parte de trás do próprio roteador.

Verifique se seu roteador tem um adesivo com os detalhes de login; ele se parecerá com algo assim:

Em qualquer caso, o IP de acesso do roteador é geralmente 192.168.0.1, 192.168.1.1 ou 192.168.1.2 ou 192.168.1.254 na América do Norte e Europa, embora isso possa variar. Na América do Sul também pode ser 10.0.0.1 ou 10.1.1.1 ou algo semelhante.

Aqui estão links para algumas credenciais de login padrão comumente usadas para ISPs populares em Portugal e no Brasil:

  • Portugal:
      • Meo – O IP padrão do roteador é frequentemente 192.168.1.254, e ambos o nome de usuário/senha são frequentemente “meo”.
      • Vodafone PT – O IP de login padrão do roteador é frequentemente 192.168.1.1 e ambos o nome de usuário/senha são frequentemente “admin”.
  • Brasil:
      • Vivo – O IP de login padrão do roteador é frequentemente 192.168.25.1 ou 192.168.15.1, nome de usuário/senha na etiqueta no verso.
      • Oi – Se seu roteador é um modelo Sagemcom, o IP de login padrão é frequentemente 192.168.1.1, e o nome de usuário/senha estão no adesivo no verso.
      • Claro – O IP de login é normalmente 192.168.1.1, o nome de usuário é normalmente “admin” e a senha varia e está na etiqueta do roteador. A senha geralmente é “[email protected]” ou “[email protected]”. Veja aqui um excelente vídeo de ajuda cobrindo o nome de usuário/passwords padrão para roteadores Claro em diferentes países da América Latina.

Consulte nosso guia completo de solução de problemas se você estiver tendo dificuldades para acessar a página de configuração de seu roteador.

Anote o IP de login, nome de usuário e senha, depois vá para qualquer dispositivo com um navegador e faça o seguinte:

  • Entre no roteador digitando seu endereço IP (por exemplo 192.168.0.1 ou 192.168.1.1) em qualquer navegador em seu telefone, desde que ele esteja conectado ao roteador Wi-Fi.
  • Uma vez que você tenha inserido o IP de login correto, você deve ver um par de caixas de nome de usuário/senha. Digite seu nome de usuário e senha nas caixas que aparecem – novamente estará em algum lugar no roteador ou on-line.
  • Verifique aqui se você está tendo problemas para acessar suas configurações de roteador, ou se alguém alterou estes detalhes de acesso para que não funcionem.
  • Se alguém os mudou, então você precisará obter os detalhes ou fazer um reset completo de fábrica de seu roteador para redefinir todos os logins para o padrão.

Passo #3 – Encontrar e configurar configurações de QoS

Uma vez que você esteja em seu roteador, você precisa encontrar as configurações de Qualidade de Serviço ou QoS, se elas estiverem disponíveis (infelizmente alguns roteadores não as têm). Geralmente está em um menu lateral como QoS, ou pode estar sob uma aba Rede, LAN, Dispositivos ou Avançado ou algo similar. Roteadores diferentes têm interfaces diferentes, portanto você pode ter que pesquisar um pouco nos menus.

Veja o exemplo abaixo de uma página de menu de roteador – as configurações de QoS estão bem na parte inferior, mas serão diferentes para cada roteador.

Uma vez encontrada a QoS, é apenas uma questão de configurar o dispositivo para ter a mais alta prioridade. Em seguida, salvar a configuração e sair do roteador.

Na maioria dos roteadores, os dispositivos conectados devem aparecer na lista e você só tem que selecionar seu dispositivo com base em seu endereço MAC que você escreveu anteriormente.

Normalmente, haverá uma opção para definir a prioridade de seu dispositivo, geralmente em uma caixa drop-down. Defina seu dispositivo como a prioridade mais alta, e defina todos os outros dispositivos como a prioridade mais baixa, para dar prioridade a seu dispositivo na rede.

Em outros roteadores, você pode ter que digitar o endereço MAC e definir a prioridade manualmente (pode haver uma opção Adicionar/Adicionar Dispositivo no menu QoS). Novamente, roteadores diferentes têm maneiras diferentes de lidar com esta configuração, mas não é muito difícil de configurar uma vez que você a tenha encontrado.

Vídeo curto em espanhol:

 

Vídeo detalhado em português:

https://youtu.be/j5P8y-TIqQc

 

Como funciona a QoS

Uma vez configurado, isto significa que o roteador irá gerenciar o fluxo de tráfego de e para seu dispositivo antes de todos os outros dispositivos. Isto pode ajudar no congestionamento da rede, embora se a utilização da largura de banda for alta, pode afetar negativamente a experiência de outros usuários em seus dispositivos. É uma configuração projetada especificamente para gerenciar o tráfego e definir a prioridade de diferentes dispositivos em uma rede.

A prioridade normal de QoS para dispositivos em uma rede doméstica padrão funciona da seguinte forma:

  1. Jogos: Os consoles de jogos normalmente não usam muita largura de banda para jogos on-line, mas eles precisam da maior prioridade sobre a rede doméstica ocupada para manter o ping ou latência baixa. Portanto, geralmente são os consoles de jogo que são priorizados pela QoS; veja nosso artigo sobre isso.
  2. Videochamadas/Webinar – Skype, Zoom, etc. Pode ser de alta prioridade, especialmente se usado para fins comerciais.
  3. Streaming – Menos sensível à latência, mas utiliza muito mais largura de banda, portanto, precisa de prioridade média ou alta para evitar o buffer em redes congestionadas, especialmente ao fazer streaming HD.
  4. Navegação geral: e-mail, redes sociais, navegação geral no site. Normalmente no final da lista com a prioridade mais baixa, só porque um ligeiro atraso no carregamento das páginas não afeta tanto a experiência quanto o jogo/streaming.

Claro que, usando QoS, um usuário pode anular isto e dar a seu dispositivo a prioridade que quiser, colocando dispositivos de streaming no topo e tudo mais no fundo. Depende apenas de quais dispositivos parecem ser mais afetados quando a rede está ocupada, e dar-lhes maior prioridade para tentar reduzir estes problemas.

E se meu roteador não tiver QoS?

Reconhecemos que nem todos os roteadores têm QoS para priorizar o tráfego dos dispositivos, então que opções existem nestes casos?

Podemos pensar em algumas outras soluções para este problema:

Solução #1 – Conexões Ethernet – A primeira prioridade para qualquer dispositivo crítico que precise de prioridade deve ser desconectar de Wi-Fi e, em vez disso, mudar para uma conexão Ethernet com fio. As conexões Ethernet são muito melhores do que Wi-Fi, pois são um canal de comunicação dedicado e descongestionado para o roteador, enquanto os dispositivos sobre Wi-Fi devem compartilhar espaço com outros dispositivos sem fio, o que causa congestionamento e problemas de atraso/buffering.

Se você puder se conectar a uma conexão com fio, seus problemas de congestionamento devem ser automaticamente reduzidos, mesmo em redes domésticas ocupadas.

Ethernet Cable

Clique nos links para ver os cabos ethernet de 5m e 10m na Amazon.

Solução #2 – Adaptadores Powerline – Se você não consegue obter facilmente uma conexão ethernet com fio direto porque está muito longe do roteador, então um adaptador Powerline é a próxima melhor solução para dispositivos críticos, o que efetivamente ainda lhe dá uma conexão com fio, mas com um método diferente.

Os adaptadores Powerline consistem de um par de plugues adaptadores que podem transmitir dados sobre a fiação existente na casa, fornecendo efetivamente uma conexão ethernet com fio, sem a necessidade de passar cabos longos através da casa.

Os adaptadores Powerline não funcionam em todos os casos, mas podem ser uma excelente solução se a fiação de sua casa estiver em boas condições.

Clique aqui para ver o Adaptador Powerline “Nano” do TP Link na Amazon.

Oliver

Online gamer and general home networking enthusiast. I like to create articles to help people solve common home networking problems.

Recent Posts